Do que se está falando e o que precisamente nos é dito quando se afirma que daqui em adiante não há mais realidade, apenas imagens? Ou, ao inverso, que doravante não há mais imagens, somente uma realidade representando sem cessar a si mesma?  

Ecos de questões levantadas por Jacques Rancière em O Destino das Imagens (primeira edição: 2003) inspiram “Perspectivas 20a20”, série fotográfica criada por Sabrina Marthendal em distanciamento social durante período em que o número de óbitos provocados pela pandemia de Covid-19 no mundo aproxima-se de meio milhão.  

O que fazemos com os rastros das imagens-realidades que nos tocam, nos perfuram e arremessam, diariamente e em grande quantidade?  

Constituída por quarenta imagens em cor, a série tem como base o uso livre de diversos trechos videográficos de notícias de escopo mundial disponibilizados na internet durante o ano de 2020. A partir de tais trechos, a fotógrafa cria novas narrativas visuais tendo como ponto de partida sua experiência como receptora de imagens, revisitando experiências reais que são, muitas vezes, experienciadas em campo virtual. 

Este projeto foi contemplado pelo edital #SCULTURAEMSUACASA – FCC, do Governo do Estado de Santa Catarina. 

Ouça a sinopse da exposição.
#ParaTodesVerem


Fotografia. Uma menina negra está ao centro da imagem, com enquadramento acima do busto. O destaque está em seu rosto: ela olha para a direita, de boca fechada, e veste na lateral esquerda do cabelo um arranjo de pequenas flores douradas com detalhes em rosa e verde. Na lateral direita da cabeça, veste um casco de papel alumínio. O fundo é escuro. A imagem é repleta de interferências visuais, remetendo a pinceladas de uma pintura renascentista. A imagem desta criança foi feita durante reportagem da crise dos refugiados na Grécia – 2020. Fim da descrição.

#ParaTodesVerem: Ouça a descrição.

Fotografia. O estilo é abstrato. O fundo é azul escuro, com riscos pretos que remetem a galhos de árvores. Distribuídos em toda a área da foto, riscos brilhantes de cor amarela, vermelha e laranja, remetendo a fogo. A imagem é repleta de interferências visuais, remetendo a pinceladas de uma pintura renascentista. Esta imagem foi feita durante reportagem sobre queimadas do Pantanal, Brasil – 2020. Fim da descrição.

#ParaTodesVerem: Ouça a descrição.

Fotografia. Na lateral esquerda da foto, uma mulher está sentada em uma cama, olhando para baixo. Ela tem os cabelos castanhos presos, veste uma blusa preta e uma calça vermelha com detalhes em branco. Tem um celular nas mãos. Na lateral direita da foto, um homem olha na direção da mulher. Ele veste uma camiseta preta e uma corrente dourada. A imagem é repleta de interferências visuais, remetendo a pinceladas de uma pintura renascentista. O estilo é não-realista, sendo alguns detalhes da imagem sobrepostos a outros. Na parte de baixo, uma legenda indiscernível. Esta imagem foi feita durante documentário sobre crise internacional dos refugiados – 2020. Fim da descrição.

#ParaTodesVerem: Ouça a descrição.

15 comentários Adicione o seu

  1. Lindo trabalho.
    Nossa realidade tá tão mexida, tão misturada com fantasia macabra que tá difícil de distinguir.

  2. Maria disse:

    Eu to boquiaberta, senti muito em cada imagem. É um trabalho lindo porém dolorido de se ver, é uma ambiguidade encantadora. Sem palavras pro quanto admiro seu trabalho ❤

  3. Lourdes Maria Mengrda Marthendal disse:

    Lindas fotos, realidade de 2020.

  4. Morgana disse:

    Uau, ficou realmente imprecionante! É muito forte forte e cheio de significado. Parabéns pelo trabalho!!

  5. Andréia Aguiar disse:

    Que momentos em que estamos vivendo?!
    As imagens são tão intrigantes e tão verdadeiras, que mexem em nossas dores mais profundas. Será que vai haver aprendizados?
    Será que estamos seguindo para algum momento melhor? Que políticas e líderes são esses?
    Lindo trabalho, Bina! Sucesso, vida longa!

  6. tiagospeckart disse:

    Lindas fotos! Parecem o registro de uma realidade plástica que escorre num cotidiano infinito. Novas normalidades são formadas todos os dias, enquanto a realidade fica cada vez mais absurda.

  7. Rodrigo Andrade disse:

    Parabéns Bina!
    Trabalho maravilhoso e pesquisa aprofundada, nos leva aos lugares de choque, de confusão e de medo, tudo o que temos vivenciado praticamente mudos!
    Essas imagens são barulhentas, muito barulhentas!

  8. nessaneuber disse:

    Projeto lindo, profundo, sensível. Me fez refletir sobre a distância, o luto, os movimentos e barulhos coditianos. Adorei essa técnica também! Ruídos que incomodam e embelezam. Parabéns, Bina!

  9. Beatryz disse:

    Lindo trabalho! Estou toda arrepiada aqui, muito impactante, mexeu muito comigo! Arrasou Bina!

  10. Dominique Santos disse:

    Projeto muito bonito. É um tipo de manifestação que precisa ser sentida. Talvez, dessa vez, eu concorde com a Sontag em não tentar interpretar, mas admirar e refletir sobre a existência. Uma reflexão, todavia, sobre a forma, mas sem deixar de lado o conteúdo, mas sem transcendências por enquanto. Imanência toda!

  11. Um belo trabalho, original, sensivel e profundo.

  12. Regina disse:

    Fiquei sem ar e dei uma acelerada no final pela angústia que senti. Reflete com sensibilidade e potência os sentimentos vivenciados nesses dias de isolamento e desolamento! Parabéns pelo trabalho mais uma vez impecável! Sou tua fã!!!!

  13. Eliane Koslowski disse:

    Um turbilhão de sentimentos do lado de cá.
    De raivas (in)contidas, socos de realidade, drama, (in)quietude… silêncio.
    Quarenta não será o mesmo número.

    Perfeito, Sabrina Marthendal!
    Parabéns, belíssimo projeto!

  14. Alexandra disse:

    Meus sentimentos misturados e vivenciados neste ano de 2020 e expressos em seu trabalho. Lindo e forte. Parabéns!

  15. Maristela M. Rocha disse:

    Kibacana!! Show!! Parabéns Sabrina. Belos trabalhos e de grande sensibilidade!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s